Celebrando com a Mocidade 25 de Março

Celebrando com a Mocidade

             Foi neste domingo, 25 de março, que a família da fé celebrou ao Deus Todo Poderoso juntamente com a mocidade na casa do Senhor. Com orações, louvores, adoração, honras e glórias ao criador dos céus e da terra, que iniciamos mais um grande culto. A ministração da palavra de Deus foi pelo Pb. Jorge, que fez leitura em Lc 13. 6-9; e pregou sobre "A figueira infrutífera". Abordando na introdução sobre a parábola do semeador, explicou os terrenos em que a semente foi semeada. O semeador semeia a mensagem de Deus, a palavra de Deus. Os terrenos são as pessoas. E, algumas pessoas são como as sementes que caíram à beira do caminho. Elas ouvem a mensagem de Deus, mas logo depois Satanás vem e tira a mensagem que havia sido plantada nelas.  Outras pessoas são como as sementes que caíram no meio das pedras. Elas ouvem a mensagem de Deus e a recebem rapidamente e com alegria, mas duram pouco, pois não têm raiz. Elas abandonam a fé assim que as dificuldades e perseguições chegam por causa da mensagem. Outras pessoas são como as sementes que caíram entre os espinhos. Elas ouvem a mensagem de Deus, mas as preocupações com as coisas desta vida, a ilusão das riquezas e o desejo de outras coisas chegam e sufocam a mensagem, e ela não dá frutos. Outras pessoas, ainda, são como as sementes que caíram em terra boa. Elas são aquelas que ouvem a mensagem de Deus, aceitam-na e produzem frutos. Umas produzem trinta, outras sessenta, e outras ainda cem vezes mais. E falando da figueira estéril disse que é importante ocupar bem a terra que está plantada. Pois esta, não estava produzindo nada, precisamos dar frutos, valorizar o tratamento de Deus sobre essa terra, não podemos ser como a figueira estéril que não produz, há um perigo em ser cortado pelo Senhor. A preocupação que deve recair sobre o povo de Deus é com o pássaro que come a semente, a saber o diabo. O inimigo é sorrateiro, e tem roubado a boa semente do coração de muita gente para que não creiam e sejam salvos. E tem ludibriado a muitos que não precisam fazer nada para Deus e o seu reino. Trabalhemos hoje, frutificamos agora, pois é tempo, não sejamos como a figueira estéril e os terrenos que a semente não pode brotar e crescer e dar frutos. Com louvor e orações houve um clamor!

MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO DA AD VACARIA.

bdt b02e center tsN normalcase show fwB|bdt b02e left|||||news c05 c10 tsN sbse fwR|normalcase uppercase sbse c10|b01 c05 bsd|news login normalcase uppercase sbse c10|normalcase tsN uppercase c10 sbse|normalcase uppercase sbse c10|content-inner||