Culto Doutrinário

Culto Doutrinário

               Quinta-feira, 15 de março, com as orações e louvores, juntamente com o Grupo Adoração iniciamos mais um extraordinário culto de ensino.  Nosso pastor participou a igreja que ministrou a matéria de Ética nesta terça e quarta-feira na AD de São Leopoldo comentando da grande bênção que foi e da grandeza da presença de Deus, e agradeceu ao Senhor por ter representado nossa igreja na ocasião. Lendo no livro de At 11.19-26, nosso presidente ministrou sobre o tema "A Liderança Piedosa de Barnabé". Este homem teve uma vida exemplar para a Igreja atual. Se imitarmos esse homem vamos  terminar bem.  A igreja não pode ser como uma rodoviária, um lugar em que as pessoas entram e saem. Precisamos cuidar das pessoas que vem a Cristo, com carinho, com amor, pois cuidar do novo convertido é missão de todos. Como igreja no aspecto de hospital, precisamos cuidar dessas pessoas que espiritualmente são crianças. Barnabé é um exemplo para nós disso. A salvação é pela graça, mas não é de graça.  Vejamos os exemplos que devemos imitar em Barnabé: O Primeiro exemplo que devemos imitar na pessoa de Barnabé é o seu desprendimento At.4. 37. Eu busco conforto para viver melhor, isso não é errado, mais não posso me esquecer do reino de Deus, de ganhar almas para Jesus. Na eternidade muita gente vai se arrepender tarde de mais por ter se apegado as coisas da terra mais do que no Reino de Deus.Atos 4.36,37, fala-nos de Barnabé. Barnabé era desprendido. Por que aquele que é desprendido das coisas aqui da terra, se dedica nas coisas eternas, e só ganha almas quem se desprende das coisas daqui, ele vendeu tudo o que tinha At. 4.37. Eu posso ser rico na terra  e pobre no céu. Eu posso ser pobre na terra e ser rico no céu. Posso ser pobre na terra e pobre no céu. Posso ser rico na terra e rico no céu. Existem pessoas que que se apegam tanto a mamon que nem o dízimo entregam. 2. O Segundo exemplo que devemos imitar na pessoa de Barnabé é que ele cuidava dos novos convertidos At. 9.26,27.  At. 9.26, Diz que todos desconfiavam do novo convertido chamado Saulo. No V. 27, nos diz que Barnabé assumiu a responsabilidade de levar junto a ele Saulo. Barnabé assumiu um grande risco, por isso não temos dúvidas de que falaram mal de Barnabé. Falaram mal de Jesus numa ocasião, que ele comia e se assentava com pecadores. O novo convertido se transformou num problema, pois queriam matar a Saulo. Andar com Saulo era perigoso, arriscado, Barnabé não se importou com a sua própria vida, mas sim com a vida do novo convertido. O novo convertido não vem pronto, o novo convertido dá trabalho. E muitos não querem trabalho. 3. O terceiro exemplo que devemos imitar na pessoa de Barnabé é que ele era encorajador e animador At 11.22,23.  Em nossas igrejas precisamos de Barnabés e Barnabelas. Tem pessoas que não querem se converter em Barnabé. Até aqui o que observamos na vida de Barnabé já é de se imitar. 4. O quarto exemplo que devemos imitar na pessoa de Barnabé é que ele era homem de bem, cheio de fé e do Espírito Santo At. 11.24.  Se não temos as características de Barnabé precisamos clamar ao Senhor e pedir ajuda. Orando a Deus pedimos para ter as características de Barnabé.

MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO DA AD VACARIA.

 

bdt b02e center tsN normalcase show fwB|bdt b02e left|||||news c05 c10 tsN sbse fwR|normalcase uppercase sbse c10|b01 c05 bsd|news login normalcase uppercase sbse c10|normalcase tsN uppercase c10 sbse|normalcase uppercase sbse c10|content-inner||